Entrevista com Biel Sabatini

biel-sabatini-entrevista

Consegui uma entrevista com o querido Biel Sabatini! Para quem não conhece ele é dono e criador de um dos blogs – do gênero de “contos” – mais interessantes e populares atualmente! No finalzinho dessa entrevista você poderá ter acesso a todos os possíveis contatos com ele, e acesso ao blog em questão.

Me diga, como você escolhe o que vai escrever? É tudo selecionado na sua mente, ou você é como aqueles artistas que tem uma inspiração, escreve o que vem a mente, e depois analisa o que escreveu?

Algumas coisas são ideias minhas, que surgem ao longo do dia, que eu acho que vai ser legal, informativo pros leitores. Outras são sugestões que eu recebo pelo blog, por e-mail, pelo Twitter. Gosto de ser bem receptivo a sugestões, porque eu quero que a galera se identifique com o blog e se sinta-se à vontade em comentar e debater.

Você já pensou em mudar o nome do seu Blog? Em vez de usar o seu nome?

Quando eu criei o blog, não era pra levar meu nome. Pensei em algo bem impactante, que levasse a pessoa a pensar, como algo que desse a essência. Mas nunca gostava de nada e fui ficando sem paciência. Acabou que muitas pessoas conhecem o nome Biel Sabatini por causa dos contos e ficou mais fácil fazer uma associação.

Que tipo de perguntas vindo de fãs que você mais recebe?

Olha, tem de todo tipo. Acho que a mais comum é se eu estou namorando. Risos. Mas eles perguntam idade, quanto tempo faz que tudo aconteceu, da onde eu sou, como eu lidei com tudo aquilo que passei, o que me levou a escrever. Essas coisas. E tem uns mais afoitos, que pedem “Nudes” e fazem propostas bem indecentes.

Você se sente como um ícone sexual? (Na visão das pessoas) já que há tanta afobação vinda dos fãs em relação, há informações extremamente íntimas como “Nudes”, entre outras coisas.

Não. Eu me considero um cara bem comum até, independente do que falam até mesmo as pessoas que me conhecem e já me viram. Acho que essa fantasia é natural por conta do teor erótico dos contos, das cenas de sexo que eu escrevo rica em detalhes. Já teve várias pessoas alegando estarem apaixonadas e encantadas, mas eu separo bem as coisas. Fico lisonjeado, só.

Teremos participações especiais futuramente?

Tenho um autor que eu sou amigo que sempre me pede isso, mas o máximo que dou são ideias. Não consigo escrever algo que não vivi e acho que deveria até trabalhar isso. No caso dos artigos, eu escrevo numa boa, mas histórias é diferente. Mas tem várias parcerias surgindo, ainda mais uma galera do “Wattpad” e espero um dia a sua participação lá também. Risos.

Qual seu esporte favorito? Música favorita? Prefere shows de música ou dança?

Curto futebol e artes marciais, rock é o que eu mais ouço em gênero internacional e nacional sou bem eclético, MPB, reggae, curto música em geral show de música

Qual seu próximo objetivo em relação ao blog?

Então, quando escrevi o conto, nem imaginava q fosse ter a repercussão que teve e quando fiz o blog, também não. Agora que eu comecei a divulgar mais, fiz o twitter, coloquei no “Wattpad”, mas queria muito que ele se tornasse um portal com bastante informação, interatividade, espaço pros outros autores, blogueiros e “vlogueiros”.

Você acha que a sua relação com os fãs, público e terceiros. É considerada saudável?

As vezes sim e as vezes não. A grande maioria são pessoas mega, generosas, que tem um carinho por mim absurdo, o que eu sou muito grato e tento corresponder ao máximo. Tem aqueles que me veem como uma máquina de sexo e querem ter experiências comigo a todo custo. Mas eu aprendi a lidar e até acho engraçado. Deve ser porque sou escorpião e gosto muito de sexo, e passo isso nos meus textos. Só que quando a pessoa quer invadir minha privacidade e ter mais do que eu to disposto a dar, aí é um problema. Infelizmente já tive que fechar o blog uma vez por conta disso.

Muitas vezes as pessoas não sabem o limite. Começam a estudar a forma que você responde os comentários, o que você escreve, o horário que postou e começa a tecer uma rede, de especulações E nisso entra, com quem eu to, boatos de envolvimento com fãs, querer rastrear, invadir o blog. Isso me deixa muito chateado, mas depois da última vez, comecei a contar com ajuda de pessoas que me deixam mais tranquilo pra continuar o trabalho que eu faço.

Abrimos espaços para fãs dele possam perguntar e aqui está 3 perguntas selecionadas.

@gabillitz : pergunta pro Biel, com toda essa timidez, como vc consegue expor tanto sua intimidade?

Foi um desafio. Eu sou muito tímido, mas tenho facilidade pra escrever. E percebi que consigo expressar meus sentimentos e vivências assim, e isso funciona como uma terapia. Quando escrevi o primeiro conto, não imagina que fosse ser aquele boom. Achei que ninguém nem ia ler, poucos só. Mas foi aquela repercussão absurda e me vi tendo que continuar o que tinha começado. Tive ajuda de amigos que me apoiaram e ainda sim, pensei em desistir várias vezes. É difícil . Risos.

@pepperboy2Pergunta pro Biel: já sabemos q sua vida foi um tanto quanto agitada, passando por muitas coisas. Com tudo isso você acabou criando meios de defesa, creio eu, pra evitar de futuras decepções. Sabendo disso, gostaria de saber como anda o coração, se alguém, agora, conseguiu passar além dessas defesas? E caso ainda n tenha conseguido, o que tem q fazer pra te ter gostoso? (Risos) E gostaria de saber também, como você se sente sabendo q muitos te homenageiam na hora de se aliviar, jorrando litros de prazer pensando em ti?

Costumo dizer que o coração vai bem, obrigado. Não curto falar da minha vida pessoal nesse ponto, por que independente se eu to ou não com alguém, nunca iria expor a pessoa. Já é bem complicado lidar com esse assédio todo. Não vou por mais lenha na fogueira (Risos). E quanto a homenagens, fico bem sem graça quando me falam. Tem uns que descrevem sonhos eróticos, que dizem que fazem com os parceiros pensando em mim (Meu Deus!), mas eu fico lisonjeado e tal. Quer dizer que escrevo bem.

@Carol_Kunzler: pergunta pro Biel, Se ele pudesse usar uma frase pra se descrever qual seria?

As pessoas me acham muito amável e um anjo, sendo que eu sou uma das pessoas mais grossas e ogras que existe. Sou bravo e não tenho muita paciência. Então acho que a frase de Clarice Lispector cairia bem: “Sou como você me vê… Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar”.

Quem você mais amou? Bernardo ou Allan?

Os dois estiveram em momentos diferentes da minha vida. O Bernardo foi o lance da descoberta, de ser o primeiro e obviamente ficou marcado e sempre estará. O Allan foi um amor avassalador e estava num momento mais seguro, mais maduro. Amei muito os dois, cada qual em seu momento e meu sentimento perdura.

O que você sentiu quando descobre sua bissexualidade?

Quando eu me vi atraído pelo meu melhor amigo foi uma merda. Só tinha ficado com garotas e não me sentia atraído por garotos. Rolou com ele e ainda ele foi embora depois da nossa primeira vez. Foram dois anos me culpando e negando o que tinha o que tinha acontecido. Não foi nada fácil. Só que ele voltou e com custo, vivemos aquilo e o tempo é o senhor das coisas. Fui me entendendo, vendo que aquilo não era errado, que não me mudou como homem, que não alterou minha vida visto que minha intimidade pertence só a mim

O que te motiva a escrever?

Quando eu escrevi e achei que ninguém iria ler, comecei a receber vários e-mails de pessoas me falando o quanto aquilo ajudou elas. Eram pessoas de todo tipo, das mais comuns até mesmo pessoas com deficiências, como cadeirantes, cegos, pessoas que tinha sofrido abuso, estupro, que tinham perdido o grande amor, outros que tiveram coragem de se declarar e então eu vi que se tornou maior do que eu. Poder ajudar, de alguma forma, me motiva a escrever. Só que eu não sou psicólogo e tem pessoas que confundem isso. Eu conto a minha experiência, mas ela não se aplica a todos. Agora ate abri um espaço la no blog pra galera falar dos problemas e os seguidores ajudarem com opiniões e palavras de incentivo.

Obrigado pela participação , muito sucesso a você ♥

Gente o Biel é uma das pessoas mais adoráveis que já conversei, super educado, é um ótimo amigo, e tem muito talento, vamos lá, deem uma olha no Blog dele, visitem o twitter, você será muito bem recebido, e os contos, são perfeitos, recomendo para todos que curtem uma boa leitura.

Contatos:

Biel Sabatini:

Twitter

Blog – Biel Sabatini

Essa entrevista foi feita pelo antigo colaborador do blog Henri

0 I like it
0 I don't like it

Blogueiro, Youtuber, Social Media, Gerente de Projetos Web, metido a webdesigner e programador, sim, um workaholic. Viciado em The Sims, Resident Evil e músicas toscas. Aspirante a ator.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *