"Meninos Tristes": conheça a websérie LGBT que estréia em janeiro

"Meninos Tristes": conheça o curta LGBT que estréia em janeiro

“A maior de todas as dores é a de não poder ser você mesmo…” – Meninos Tristes (Blue Boys)

É assim a chamada da websérie com temática LGBT “Meninos Tristes (Blue Boys)”, com data de estréia marcada para janeiro de 2016. O drama gaúcho está sendo filmado e produzido de forma independente pela Escola de Atores TV & Cinema e Hellas Filmes.

“Meninos Tristes” conta a história de André que não se sente aceito pelo mundo que o cerca. Com uma mãe religiosa fervorosa e uma irmã insensível, André tenta compreender quem ele é em um universo machista e preconceituoso. Na escola, amigo apenas da meninas, é alvo da maldade de Marcos e outros garotos.

Nutre uma atração por Diego, aluno da outra turma, mas não sente coragem de seguir em frente. Em um ato de desespero tenta se matar. Porém, o que seria um pedido de socorro acaba marcando a sua vida mais do que ele pensa. Uma história sobre hipocrisia e, principalmente, sobre intolerância onde o medo da diferença corrompe a própria sanidade e humanidade das pessoas.

"Meninos Tristes": conheça o curta LGBT que estréia em janeiro

“Meninos Tristes”: estréia em janeiro

O primeiro teaser da websérie saiu na última terça-feira no canal do YouTube da Escola de Atores TV & Cinema, dá só uma olhada:

“Meninos Tristes” será dividido em três episódios e tem participação dos atores Arthur Machado, Vinicius Machado, Suely Pinheiro, Cheri Vivan, Luiz Kumer, Ana Victória Camargo, Renata Selmo, Cristian Silveira, Maurício Ferreira e Diego Freitas. O direção, texto e roteiro de Daniel Castilhos.

Para saber mais sobre a websérie e ficar por dentro de tudo o que acontece na produção, basta curtir a fan page “Meninos Tristes” clicando aqui.

 

0 I like it
1 I don't like it

Blogueiro, Youtuber, Social Media, Gerente de Projetos Web, metido a webdesigner e programador, sim, um workaholic. Viciado em The Sims, Resident Evil e músicas toscas. Aspirante a ator.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *